21/07/2017

[Resenha] Garotas de vidro


A verdade nem sempre é o que enxergamos!






Garotas de vidro
Laurie Halse
Novo Conceito
Ano de Lançamento: 2012
Número de Páginas: 272
Skoob: adicione à estante
Classificação★★





 Laurie Halse Anderson aclamada autora de inúmeros livros para jovens e de uma série de 12 volumes para o ensino fundamental. Mundialmente conhecida por “Fale! ”, um dos romances juvenis mais importantes publicados na última década, adotado pelas mais conceituadas escolas dos Estados Unidos e escolhido pela Associação Americana de Bibliotecas (ALA) como leitura fundamental – traz ao leitor a história de Lia, que junto com sua amiga Cassie faz uma aposta para ver quem seria a garota mais magra. Uma aposta que acaba se tornando um pesadelo para seus corpos. E tudo piora após Lia descobrir que Cassie, sua amiga, morreu sozinha em um quarto de motel e Lia não atendeu as 33 chamadas dela.

A protagonista dessa obra é uma garota solitária que depois de muitos problemas com a mãe, por causa de sua obsessão por magreza, decide morar com o pai, a madrasta e sua meia irmã, desde que concorde em receber ajuda psicológica e ter seu peso conferido regulamente. No entanto, a única coisa que importa para Lia é ser magra. Ser a mais magra. Controlar seu peso é a tarefa mais importante de sua vida e para isso ela tenta mostrar ao seu corpo quem é que manda.



“— Garota morta passando, — os garotos dizem nos corredores.— Diga-nos seu segredo, — as garotas sussurram, de um banheiro para outro. Eu sou aquela garota. ”

Do controle de ingestão de calorias ao autoflagelo, esse é o tamanho desespero de uma garota atormentada pela imagem em sua mente e no espelho. Atormentada pelos padrões da sociedade e pelos números que aparecem na balança. Embora ela tenha toda a ajuda necessária, se recusa a achar que consegue parar, a obsessão a consome. Dormir com um peso menor do que com o qual acordou a alivia. Menos, ela quer cada vez menos.

“A balança se mostra no chão, a boa, a que não mente. Eu me dispo, subo nela, para pesar minhas culpas e medir meus pecados. 40.370.Eu poderia dizer que estou animada, mas isso seria uma mentira. O número não importa. Se eu chegasse a 31.700, eu quereria 24.200. ”

A narração é em primeira pessoa, de forma que o leitor tem total acesso aos pensamentos da personagem, o que chega a ser agoniante. Com uma escrita de toque poético, a autora passa ao leitor não só o drama do dia a dia de uma pessoa que sofre com transtornos alimentares, mas também a forma como essa situação afeta aqueles que estão ao seu redor. A culpa, a necessidade de ser magra e a busca por aceitação do próprio corpo, em cada trecho é visível o sofrimento pelo qual a protagonista passa e ao qual se impõe. Anorexia e bulimia são o foco da obra.


“Ela é assombrada por pesadelos com monstros que comem a nossa família inteira. Eles nos comem lentamente, ela diz, para que possamos sentir seus dentes afiados.

Meu coração muda de marcha lenta para quarta marcha, acelerando como um carro de corrida derrapando ao redor da pista. ”

Uma história que mostra os limites, que uma pessoa instável mentalmente, ultrapassa para ter o corpo que julga perfeito. É uma leitura pesada e que faz com que o leitor pare por vezes o que está lendo para refletir sobre as questões lançadas. O que a família, os amigos e a própria pessoa podem fazer para mudar essa dura realidade que é vivida por tanta gente, em um mundo que para onde se olha há algo ou alguém dizendo como se dever ser. Em um mundo onde a balança é inimiga da beleza e não da saúde.

“Eu sou brilhante e rosa por dentro, limpa. O vazio é bom. O vazio é forte.”

Garotas de vidro, muito provavelmente, tirará muitos leitores da zona de conforto e os fará se perguntar “Eu sou inimigo do meu corpo? Cuido bem do meu corpo? ”. Uma obra tocante e inteligente. Não recomendada por mim, a leitores que sofrem com esse transtorno ou que estão com o emocional abalado de alguma forma.

Leiam, emocionem-se, amem e cuidem de seu corpo!

 ♥ Postado por: 


Mia Souza 
Caprica, otome e bookaholic.
27 anos

Carpina -PE

28 comentários:

  1. Um assunto sério, polêmico e que precisa ser tratado com a seriedade que requer. Gostei da resenha, pois transmite bem o assunto em questão e saber que é narrado pela protagonista instiga ainda mais a viver as agruras dessa doença que ataca princioalnente as nais jovens.
    Ótima resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Requer mesmo muita seriedade e a autora o fez dessa forma. Vale muito a pena a leitura.

      Beijão, Mia

      Excluir
  2. Anorexia e bulimia , só por esse dois temas, já quero ler esse livro.
    Menina que quotes são esse?? Preciso desse livro por se tratar de assuntos tão sérios e que podem ser debatidos em sala de aula como também entre membros da família onde tenha alguém que sofre com os temas abordados, parabéns pela resenha, ficou ótima. Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Você tem toda razão, é sim um ótimo livro para ser lido e refletido em comunidade, principalmente com os nossos jovens.

      Beijão, Mia

      Excluir
  3. Oii Mi, adorei a resenha! Sem dúvidas problemas tão sérios como anorexia e bullyng são temas que devem e muito serem discutidos, tenho certeza que essa leitura deve ser forte, mais dá aquele choque sabe,e faz com que possamos entender um pouco o que se passa na mente de quem ta enfrentando isso, e muitas vezes nos tire da nossa zona de conforto ( e faça com que paremos de reclamar um pouco). Adorei os quotes que foram colocados na resenha, tenho certeza que irei me emocionar muito com essa leitura que já foi ´pra lista!
    Beeijos Mia e Day <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Fabi

      Obrigadaaa! Amo trazer dicas de livros com temas pesados que nos tiram da nossa zona de conforto.

      Beijão, Mia

      Excluir
  4. Nossa Mia, eu sabia desse livro mas não tive a oportunidade de ler. Sua resenha reforça a ideia que eu tenho dele, uma leitura forte que incomoda mesmo, pra te colocar pra pensar no mundo como está!
    Com certeza lerei assim que possível.
    Bjo

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie,

      Eu também não tinha ideia que esse livro era isso tudo, que mexeria tanto comigo. Soube desse livro por uma amiga e ela não havia gostado, mas eu li a sinopse e pensei que com um tema desses esse livro não poderia ser ruim sabe?! Acho que ela só viu a história em si e não o problema que a história traz para reflexão!

      Beijos, Mia

      Excluir
  5. Olá! Tudo bem??
    Leio muito livros que abordam assuntos tão polêmicos hoje na nossa sociedade e que, infelizmente, atingi muitas pessoas hoje! Gostei muito da sua opinião e percepção sobre o livro! Não posso deixar de notar que essa capa realmente é muito chamativa! Amei cada parte 😍 Quero muito ler esse livro! Pela forma como você descreveu, a leitura nos faz refletir imensamente! Beijos 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa,

      Fico muito, muito feliz mesmo que eu tenha despertado em você a vontade de ler esse livro. Não é uma leitura fácil, mas é uma leitura que te trará um aprendizado enorme.

      Beijão, Mia

      Excluir
  6. Olá, Mia!

    Que saudades, bom te encontrar por aqui. Admito que ao ver a capa e o título, imaginei tudo menos essa premissa chocante que você abordou aqui. Sem dúvidas, irei anotar a dica. Gosto muito de ler coisas desse tema, e acho que esse debate está crescendo também pelo filme que acredito ser Lily Collins fez na Netflix. Devíamos comentar sobre estes assuntos com mais frequência para evitar tantas tragédias que infelizmente sabemos que ocorrem. A realidade é bem complicada... Por fim, realmente gostei da sua resenha. Parabéns!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol

      Saudade também, e também estou muito feliz de estar por aqui e te encontrar por aqui srsrs
      Esses assuntos precisam sim ser debatidos, mas infelizmente as pessoas, ou pelo menos boa parte delas, preferem ignorar até que a bomba estoure e esse é o erro não é mesmo?! Amo ler e indicar livros com temas como esse, eles precisam ser mais compartilhados. Eu vi a série da netflix e é chocante, mas sobre mim a leitura d Garotas de vidro teve um impacto bem maior.

      Beijão, Mia

      Excluir
  7. Talvez eu não tivesse coragem de ler esse livro, apesar de ser necessário... É um assunto tão polemico quanto a obesidade, mas do qual as pessoas não ligam mt... Agr eu tô até me sentindo magra... mds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna

      Se você não se sente confortável com essa leitura então é melhor mesmo que não leia, apesar do horror que é esse transtorno, infelizmente, é muito fácil cair nessa rede e romantizar com ele.

      Beijão, Mia

      Excluir
  8. Oi, adorei seu blog. Me segue: http://euprefiro-ser.blogspot.com.br/
    Já estou te seguindo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mia e Day!!! 😉😉😉
    Nossaaaa!!!! Que livro, hein??? Fiquei muito curiosa sobre a série toda, pois se são livros indicados pedagogicamente falando, deve tratar de assuntos muito interessantes como esse da resenha. A anorexia deve mesmo ser sempre relatada, para que possamos ajudar os que nos rodeiam da melhor forma possível. Amei a resenha. Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana

      Sim, nossaaaa! Essa foi bem minha reação ao ler juntamente com um pouco de falta de ar e lágrimas... enfim é pesado, porém necessário e assim como você disse tem que ser relatado, discutido para que assim possamos nos ajudar e ajudar aos outros.

      Beijos, Mia

      Excluir
  10. Por incrível que pareça sua resenha me animou pra ler outro livro dela. FALE!! Eu já tinha pensando em ler Fale! por ter sido publicado pela editora Valentina. Depois de ler seu texto me animei mais ainda. Então obrigado!! Me ajudou duplamente no que ler e no que não ler.♥ ~Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie

      Fale é um livro tão tocante quanto Garotas de vidros e aborda o bullying tema que deve ser igualmente discutido. Também está na minha lista e não vejo a hora de lê-lo!

      Beijos, Mia

      Excluir
  11. Oi, tudo bem Mia?

    O livro parece ser incrível e abordar de forma forte mais um assunto que deve ser tratado e exposto, a autora parece escrever super bem e a proposta é bastante chamativa , a capa então que o diga...está linda !

    OBS: Também ouvi muito falar de Fale! e tinha esquecido, está resenha me lembrou do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem sim e você?

      A escrita da autora é sim incrível e contribui ainda mais para o drama da história. Fale deve ser igualmente bom e também estou louca para lê-lo.

      Beijos, Mia

      Excluir
  12. Olá!

    Quando li esse livro fiquei muito tempo pensando sobre os acontecimentos demonstrado nele. A personagem principal tem uma visão de mundo cheia de dores e amarguras, mas que tem muito o que ensinar a nós leitores.

    Bjs.
    http://surpresasnaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joe

      Exatamente, tem muito a nos passar. Também fiquei um tempo muito sentida com toda a história. Refleti muito e saí dessa leitura uma pessoa melhor até comigo mesma.

      beijos, Mia

      Excluir
  13. Esse é definitiamente o tipo de livro que te faz refletir. Nunca tive problemas para aceitar meu corpo. Masconheço pessoas que tiveram. Esse livro, ainda mais por ser em primeira pessoa, deve ser daquele tipo que te envolve de um jeito que tefaz refletir, você querendo ou não. A protagonista parece perturbada e mesmo com aajuda, não consegue sair disso. Eu amei a indicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Amo indicar livros que nos tira da zona de conforto para refletirmos e esse livro faz muito isso, tanto para refletir sobre os outros quanto para refletir sobre nós mesmos.

      Beijos, Mia

      Excluir
  14. Ooi ainda não conhecia o livro, mas adorei a resenha, a escrita da autora demonstra ser cativante.
    Adorei o blog, beijos boa semana
    www.bellapagina.blogspot.com.br
    Face: Bella Página
    Instagram: Bella Página

    ResponderExcluir
  15. Olá, Mia! tudo bom? :)
    Adorei sua resenha, muito bem explicadinha. Pretendo ler esse livro ainda esse ano, está parado aqui... juro que fiquei tensa ao saber de como a história é conduzida. Pelo visto é barra pesada e mexe com o leitor! Minha curiosidade aumentou! Parabéns!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br/
    Insta: http://instagram.com/blogliterarte/

    ResponderExcluir

© Lendo1 bom livro | - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Layouts para blog. Tecnologia do Blogger. imagem-logo