26 junho 2019

[RESENHA] Os Contos que Trago - Humberto Assumpçao



TITULO: Os Contos que Trago
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Luva
NUMERO DE PAGINAS: 100
CLASSIFICAÇÃO:  


SINOPSE: A filha sempre chegava da escola ao meio dia e isso acalentava e enchia de orgulho o coração dos pais, acreditando que estavam fazendo a coisa certa. O mesmo sentimento tinha Antônio em relação a Lisa, sua dedicada esposa. Até que, ao tomar banho após um quente dia de trabalho, encontrou um negro e crespo pelo em seu sabonete branco. E Antônio, que não tem pelo algum em todo o seu corpo por causa de um trauma de infância, passou a desconfiar da santa esposa. Também temos Artemisa que é o orgulho da mãe extremamente religiosa, mas que sonhava em pular seu primeiro carnaval e conhecer a festa da carne. Um macro universo chamado Baixada Fluminense onde convivemos com o lixo e o luxo, com pretos velhos e pastores, racistas e militantes, tarados assumidos e hipócritas covardes. O certo e o errado que existe dentro de todos nós.
Os Contos Que Trago fala das ações miúdas acontecendo nesse exato momento que dificilmente percebemos, até que elas ocorram conosco

17 junho 2019

[RESENHA] Gaian l O Reinicio - Claudio Almeida




TITULO: Gaian l O Renicio
ANO DE LANÇAMENTO: 2015
EDITORA: Talentos da Literatura Brasileira - Novo Século
NUMERO DE PAGINAS: 334
CLASSIFICAÇÃO:  


SINOPSE: Gaian - o Reinício é uma fantasia épica e narrará os últimos acontecimentos da 7ª Era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra, a queda do grandioso Reino do Norte e o reaparecimento dos guerreiros sagrados, um grupo destinado a combater o mal que trará, a cada povo de Gaian, desespero, dor, pavor e morte e deseja acima de tudo a destruição. Quais escolhas devem ser feitas? O que importará mais? A força ou a sabedoria? Quais serão os caminhos dos guerreiros sagrados diante dos desafios? Haverá ainda espaço nas almas para a esperança?

13 junho 2019

[RESENHA] Uma Mulher no Escuro - Raphael Montes



TITULO: Uma Mulher no Escuro
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Companhia das Letras
NUMERO DE PAGINAS: 256
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora. 
Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.
Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?
Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma Mulher no Escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim.

10 junho 2019

[RESENHA] O Crime da Galeria de Cristal e os Dois Crimes da Mala, São Paulo, 1908 -1928 - Boris Fausto



TITULO: O Crime da Galeria de Cristal e os Dois Crimes da Mala, São Paulo, 1908 -1928 
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Companhia das Letras
NUMERO DE PAGINAS: 272
CLASSIFICAÇÃO:  


SINOPSE: A partir de uma extensa pesquisa, o historiador Boris Fausto transporta o leitor à São Paulo do início do século XX e reconstitui três crimes que abalaram a sociedade da época. Um homem é assassinado num quarto de um hotel do centro da cidade. Um cadáver é encontrado numa mala quando um passageiro do navio tentava jogá-la ao mar. Um corpo de uma mulher é descoberto ao se içarem as bagagens de uma embarcação. Neste livro, Boris Fausto reconstitui três crimes que abalaram a São Paulo do início do século XX, transportando o leitor a uma cidade que fervilhava com a modernização e a chegada de imigrantes ― e se tornava palco de incidentes curiosos que alimentavam tanto as manchetes dos jornais quanto o imaginário da população. A partir de pesquisas em documentos da época, o historiador compõe uma narrativa envolvente, que se entrelaça a uma arguta reflexão sobre a repercussão dos episódios na imprensa, os julgamentos morais e as questões de gênero. 

Antologia: Santas, suas dores em cartas



E então chegou 10 de junho de 2019. Lançamento oficial do edital da antologia SANTAS, SUAS DORES EM CARTAS. Literatura gótica, horror medieval, suspense e muita coisa louca e bonita. Um projeto da Editora Coerência (SITE), organizado pelo escritor espartano Bruno Godoi (@br.godoi). 

Vamos usar mulheres históricas (gente que existiu de verdade) acusadas de bruxarias e outras maldades do tipo, e criar o nosso livro. Tudo em formato de cartas, diários, relatos desesperados etc. Esse monte de relato de gente sofrida será organizado pela lindona Catarina de Catalão e... 

Bom, está tudo explicado no edital (CLIQUE), leia, pesquise bem sobre sua mulher histórica (Joana d’Arc por exemplo é uma) e nos mande sua história.
© Lendo 1 bom livro - Por Day Morais | - 2016 - Layout Criado Por: Pepi Artes Digitais imagem-logo