11/01/2018

Os melhores escritores de Terror

Oi oi Galera que acompanha o blog :)
Hoje venho com uma lista de escritores de terror que influenciaram e ainda influenciam uma geração de escritores talentosos que estamos vendo cada dia por aí. Aqui não estão todos, pretendo fazer mais listas daqui pra frente.
Então não deixem de conferir os melhores autores para quem quer embarcar neste maravilhoso gênero.
EDGAR ALLAN POE
Nascido em Boston, 1809, Edgar Allan Poe foi um dos maiores contistas da historia americana, e da humanidade. Considerado por muitos como prercursor dos livros de terror.As obras mais conhecidas de Poe são góticas,um gênero que ele seguiu para satisfazer o gosto do público. Seus temas mais recorrentes lidam com questões da morte, incluindo sinais físicos dela, os efeitos da decomposição, interesses por pessoas enterradas vivas, a reanimação dos mortos e o luto.Ele foi o primeiro escritor americano conhecido por tentar ganhar a vida através da escrita por si só, resultando em uma vida e carreira financeiramente difíceis, tanto que morreu praticamente falido.Poe e suas obras influenciaram a literatura nos Estados Unidos e ao redor do mundo, bem como em campos especializados, tais como a cosmologia e a criptografia. Poe e seu trabalho aparecem ao longo da cultura popular na literatura, música, filmes e televisão. Várias de suas casas são dedicadas como museus atualmente


HP LOVECRAFT
Um dos mais revolucionários escritores de terror da historia. Seus contos mitológicos são tãoo profundos, que difícil não se sentir ligado com eles.O princípio literário de Lovecraft era o que ele chamava de "Cosmicismo" ou "Terror Cósmico", que se resume à ideia de que a vida é incompreensível ao ser humano, e de que o universo é infinitamente hostil aos interesses do homem. Isto posto, as suas obras expressam uma profunda indiferença às crenças e atividades humanas. H.P Lovecraft originou o ciclo de histórias que posteriormente passaram a ser categorizadas no denominado Cthulhu Mythos e também desenvolveu o fictício grimório Necronomicon. Igualmente a Edgar Allan Poe, HP não teve tanta repercussão quando era vivo, no entanto, no Seculo XX, seus escritos ganharam grande repercussão, tendo suas historias sendo incorporadas por diversos autores. Stephen King chamou Lovecraft de "o maior praticante do século XX do conto de horror clássico."














BRAM STOKER
O que seriam as historias de vampiros sem Abraham Stoker ? Absolutamente nada. Todo o conteudo que temos sobre vampiros hoje, começou com esse cara, e seu livro Dracula.Mas, antes de dar vida ao Conde, o escritor passou um tempo pesquisando sobre o folclore europeu e histórias mitológicas dos vampiros. O resultado dessa pesquisa a gente já sabe: o livro virou um clássico da literatura.
Ainda que Stoker não tenha efetivamente criado os vampiros - tais criaturas fazem parte do folclore do leste europeu e já haviam sido registradas em romances e poemas diversos antes, as quais eu ja havia relatado, Bram pesquisou para fazer sua obra -, foi Drácula que popularizou o mito através do ocidente, despertando o fascínio dos leitores por tais monstros. Mais do que detalhar os hábitos e poderes dos mortos-vivos sedentos por sangue, o escritor capturou em sua obra os medos e anseios da Era Vitoriana (a relação entre sexo, sangue e perigo espelhava o pavor por doenças como a sífilis, algo que ainda hoje faz enorme sentido - daí a popularidade imortal desses seres), dando à obra a relevância que se encontra em toda grande ficção.
















CLIVE BAKER
Um dos grandes escritores de terror da era moderna, recebendo elogios até do proprio Stephen King, esse é Clive Baker.Seus livros são recheados de cenas que contém o terror em sua forma mais nua e crua, sem nenhuma "maquiagem" para torná-las menos indigestas para a mente do leitor, são litros de sangue que escorrem pelas páginas e monstros que conhecem os atalhos mais rápidos para o lugar onde nossos pesadelos são formados. Suas obras se caracterizam em contos com narrativas repletas de pactos diabólicos, visões assombrosas, erotismo, farta quantidade de sangue, cadáveres, sadomasoquismo, escatologia, e sexo também é bastante frequente em suas obras, podendo deixar alguns leitores mais conservadores desconfortáveis. Pode-se ter qualquer impressão de sua obra, menos a de taxá-la como comum
Sabem o classico de terror Hellraiser ? Foi escrito e dirigido por Clive, baseado em uma de suas proprias histórias


Shirley Jackson
Nasceu em São Francisco, Califórnia, em 1916, e faleceu em 1965. Uma das principais autoras americanas do século XX, influenciou escritores como Stephen King, Donna Tartt, Neil Gaiman e Richard Matheson. Sua obra é leitura obrigatória em diversas escolas dos Estados Unidos, e seu trabalho é aclamado pelo público e pela crítica.
Ela é mais conhecida pelo conto" The Lottery " (1948), que revela um lado secreto, sinistro para uma aldeia americana bucólica e por The Haunting of Hill House (1959), que é amplamente considerado uma das melhores histórias de fantasmas já escritas. Aqui no Brasil seu mais recente livro publicado foi Sempre Vivemos no Castelo pela Editora Suma de letras.
























MARY SHELLEY

Filha do filosofo Willam Godwin, a escritora britânica Mary Shelley escreveu diversas obras durante sua vida. Mas o livro que a popularizou é considerado um dos maiores contos de terror da historia, Frankenstein. Mary Shelley empregava técnicas de diferentes gêneros de romances, mais intensamente o romance godwiniano, o romance histórico de Walter Scott, e o romance gótico.No entanto, Shelley critica os ideais do Iluminismo que Godwin promove em suas obras. Em seu livro The Last Man, ela usa a forma filosófica do romance godwiniano para demonstrar a insignificância do mundo.Enquanto romances godwinianos anteriores tinham mostrado como indivíduos racionais poderiam melhorar lentamente sociedade,The Last Man e Frankenstein demonstram ausência do indivíduo no controle sobre a história.Frankenstein fala da história de um cientista (Victor Frankenstein) que obcecado por tentar recriar a vida, fica horrorizado ao ver que cometera um erro. Em uma certa parte do livro ele chega a refletir sobre sua responsabilidade sobre o que fizera e a criatura à quem dera a vida, e o quão errada é a busca cega e pelo conhecimento. Ou seja, uma critica a sociedade acabou virando uma historia de terror.
















DEAN KOONTZ
Dean escreveu muitos livros de terror. Suas publicações foram traduzidas para vários países e renderam versões para os cinemas. Sua escrita é fluida e um tanto violenta. Não espere por um terror meia-boca.Um autor polêmico para a lista, pois não é unanimidade no gênero, muito devido ao fator de que quando ele erra a mão, erra feio. Mas isto também serve para seus acertos, pois quando Koontz acerta, faz merecer tal lembrança. Suas mais famosos obras: A Casa do Mal, Esconderijo, Fantasmas, Fogo Frio, O Guardião, Intrusos, Meia Noite.


STEPHEN KING
Não seria possível falar de terror, e não citar esse gênio. O mestre Stephen King, é considerado por muitos, como maior escritor de contos de terror da historia. Os seus livros já venderam quase 400 milhões de cópias, com publicações em mais de 40 países. Muitas de suas obras foram adaptadas para o cinema. É o nono autor mais traduzido no mundo. O mais incrível das obras do Stephen  e o que fez ele ganhar notoriedade, é a maneira detalhista com que ele descreve as cenas de seus livros, fazendo como que se o leitor estivesse dentro do livro, vivendo cada momento. King desenvolve personagens vívidos, com memórias marcantes, passados que não morrem e traços de personalidade naturais e bem definidos. E o que falar dos '' monstros'' de suas obras ?
É difícil alguém falar em palhaços macabros sem lembrar de Pennywise, da obra It, ou mesmo que a pessoa não lembre o nome, com certeza lembrará da figura do palhaço assassino, seja pela imagem do filme ou pelas capas das diversas edições dessa obra. Ao comentar sobre narrativas de terror em hotéis ou personagens escritores psicóticos, quem não lembra de Jack Torrance em O Iluminado? Ou quando um carro parece se mover sozinho, muitos podem pensar em Cristine, o carro amaldiçoado. Quando o problema é um cão raivoso, pode lembrar Cujo. Enfim, os personagens criados por King são marcantes e já viraram ícones da cultura pop, pois pode-se encontrar referências a eles em diversos lugares e ele é o meu escritor favorito.


4 comentários:

  1. Oii Day, tudo bem? Amo livros de terror, mas tô passada comigo mesma por só ter lido King dessa sua lista hahahahah preciso urgente dar um jeito nisso, já acrescentei os outros na minha lista, amei as indicações e ainda mais por ser de terror <3
    - Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daqui uns dias você já vai ter lido todos!!! <3

      Excluir
  2. Ah que Legal,Não conheço todos amiga,mas adorei as informações. Só uma dica esse tal de King ai é o piorzinho de todos viu. hahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito fraquinho né? Ohhh homi ruim de escrita kkkkkkkkkkkk

      Excluir

© Lendo1 bom livro | - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Layouts para blog. Tecnologia do Blogger. imagem-logo