31 outubro 2019

[RESENHA] Promiscuo ser de Partitura Finita - Cris Coelho


TÍTULO: Promiscuo ser de Partitura Finita
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
EDITORA: Pandorga
NUMERO DE PAGINAS: 160
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: Duas vidas entrelaçadas por um mesmo propósito. Um carma que é passado por diferentes gerações unindo duas mulheres em épocas distintas. De um lado, está Maria Scarlet, uma prostituta de um passado distante que, após apanhar muito da vida, consegue se estabelecer como dona de um bordel. Com o tempo, o bordel ganha fama e se torna referência na pacata Holanda de 1750, derivando a qualidade de seu nome para a rua a qual o estabelecimento funcionava: “Red Street”, atualmente conhecida como “Red Light”. Do outro lado, está Anna Lara, uma mulher frágil e atormentada pelas lacunas do seu sombrio passado. Com o suporte de Maria Scarlet, Anna Lara cria defesas emocionais por meio da energia sexual que recebe de sua protetora e se torna participante ativa e assídua de toda forma de desvio sexual, ao lado de seu parceiro de vida, Jota Jr. Em um enredo psicológico completamente envolvente, Anna Lara esbarra nas lacunas sexuais escondidas nas partituras não terminadas de um universo promíscuo e misterioso.

29 outubro 2019

[RESENHA] Quando a Luz Apaga - Gustavo Ávila



TÍTULO: Quando a Luz Apaga
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Verus
NUMERO DE PAGINAS: 476
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: Novo livro do autor de O sorriso da hiena. Quando supostos desaparecimentos de moradores de rua chegam ao conhecimento de Artur Veiga, o detetive inicia uma investigação própria para comprovar os fatos, já que não há indícios concretos sobre os crimes. Sem desconfiar que havia um plano maior por trás da série de desaparecimentos, Artur se vê diante de um caso mais complexo do que imaginava, que o desafia em uma trabalhosa busca, levando-o para dentro de uma realidade que sobrevive às margens da vida cotidiana. Enquanto o detetive busca encontrar a verdade, um criminoso tem como objetivo expô-la, movido pelas engrenagens da própria sociedade que o criou. Dentro dela, as normas sociais limitam a felicidade, demonizam os desejos individuais e buscam oprimir o sentimento livre, utilizando o discurso da decadência de valores para solidificar os moldes de uma sociedade reprimida e adestrada.

24 outubro 2019

[RESENHA] Rés do Chão - Camilla Costa + Gui Athayde / Sexidents - Jackie




TÍTULO: Rés do Chão
EDITORA: Bebel Books
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: Livro que convida à reflexão sobre o lugar de cada um no Mundo foi inspiração para a participação do ilustrador brasileiro na Open Call.












TÍTULO: Sexidents
EDITORA: Bebel Books
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: A ilustradora de Cingapura, Jackie the Image Maker, traz em seu traço divertido acidentes que podem acontecer durante a transa.









21 outubro 2019

[RESENHA] Especial - Ryan O'Connell


TÍTULO: Especial
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Galera Record
NUMERO DE PAGINAS: 224
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: Como se os desafios de ser um jovem gay com paralisia cerebral não fossem o bastante, Ryan O’Connell viveu todos os clichês de um Millennial. Ele passou a segunda década de sua vida estagiando para divas delirantes, engolindo todos os remédios que conseguia encontrar pelo caminho e tentando achar o amor verdadeiro — coff coff — no Grindr. Mas depois de tanta tentativa e erro, Ryan pode dizer, com propriedade, que mancou elegantemente todo o caminho para a vida adulta. Especial, seu (hilário) relato autobiográfico, é uma reflexão sobre o mundo cruel que espera jovens de vinte e poucos anos superprotegidos pelos pais e uma lição de como encontrar a si mesmo em meio às disputas por likes e seguidores.

16 outubro 2019

[RESENHA] A Sétima Ordem - Michelly Gassmann



TÍTULO: A Sétima Ordem
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
EDITORA: Literare Books
NUMERO DE PAGINAS: 256
CLASSIFICAÇÃO: 


SINOPSE: "Lavínia mora na cidade de Chantal e é apenas mais uma estudante e trabalhadora dentre tantas outras, pelo menos, era isso que ela imaginava. O único fato que a diferenciava de seus amigos era não ter conhecido seus pais biológicos. Quando pequena, foi adotada por Martha, que depois de muitos anos veio a falecer, deixando o apartamento, no qual ambas moravam, para Lavínia. Ao organizar os pertences deixados pela mãe adotiva descobre-se guardiã de um livro com capa preta, recheado de símbolos. A princípio, Lavínia não encontra lógica nos desenhos representados e passa a buscar o significado deles. O que seria o objeto encontrado por ela? Um dia, em busca de livros que a ajudassem nessa missão, conhece Logan, na biblioteca de sua cidade. Não poderia imaginar que esses dois, o livro e Logan, mudariam para sempre sua vida. Cinco extinções aconteceram no planeta e a sexta está por vir. Depois dela, uma nova ordem reinará. Claro que essa informação é privilegiada e só os responsáveis por essa mudança na história da humanidade e alguns seguidores da organização secular, criada com o objetivo de estabelecer uma evolução, estão a par. “A morte não será o fim, mas sim o começo de uma nova vida, onde apenas os escolhidos exercerão o poder sobre a face da Terra, e onde a foice não os alcançará...”. Mas, o que é preciso para que essa nova era chegue?
A jovem Lavínia tem papel fundamental nessa empreitada e descobrirá a história de sua família de forma dolorosa. Mesmo desconhecendo este enredo, ela carrega uma responsabilidade grande e há muitas pessoas dispostas a fazerem com que ela cumpra o seu papel para que a nova ordem aconteça. O destino se encarrega de apresentá-la ao pai e a uma irmã, mas a chave dessa narrativa é a mãe. E Logan. Sem ele, a história não teria tomado os rumos que tomou e, talvez, Lavínia tivesse vivido com sua família."

© Lendo 1 bom livro - Por Day Morais | - 2016 - Layout Criado Por: Pepi Artes Digitais imagem-logo