26/01/2018

[Resenha] Cujo - Stephen King

Cujo - Cão Raivoso
Stephen King
Ano de Lançamento: 1981
Ano de Lançamento dessa edição: 2016
Suma de Letras
Número de Páginas: 376

♥ Adicione a estante

Onde Comprar: Amazon - Saraiva

Classificação: ★★

Sinopse: Frank Dodd está morto e a cidade de Castle Rock pode ficar em paz novamente. O serial-killer que aterrorizou o local por anos agora é apenas uma lenda urbana, usada para assustar criancinhas. Exceto para Tad Trenton, para quem Dodd é tudo, menos uma lenda. O espírito do assassino o observa da porta entreaberta do closet, todas as noites. Você pode me sentir mais perto… cada vez mais perto. Nos limites da cidade, Cujo – um são Bernardo de noventa quilos, que pertence à família Camber – se distrai perseguindo um coelho para dentro de um buraco, onde é mordido por um morcego raivoso. A transformação de Cujo, como ele incorpora o pior pesado de Tad Trenton e de sua mãe e como destrói a vida de todos a sua volta é o que faz deste um dos livros mais assustadores e emocionantes de Stephen King.


  • "Donna se deteve, movendo a cabeça para os lados, tentando identificar a fonte daquele som. Por um instante, não conseguiu, mas depois ficou horrorizada, não pelo som em si, mas por não saber de onde estava vindo. Parecia vir do nada. Parecia vir de todos os lugares."


Cujo é o nome de um cachorro São Bernardo enorme e também muito dócil, é o animal de estimação da família Camber, uma família bem complicada e com vários problemas.

Ao mesmo tempo que estamos na cabeça do cachorro e da família  a qual Cujo pertence, também acompanhamos o desenrolar de outros acontecimentos entre a família de Vic, Donna e Tad. Vic, o pai da família, possui uma empresa de publicidade que não está indo muito bem e enquanto sua mulher, Donna, se sente sozinha em casa, acaba tendo um caso com outro homem. O amante de Donna, não satisfeito em levar um fora, depois de Donna se arrepender e terminar com ele, decide se vingar contando para o marido, tornando a vida do casal um pesadelo. No entanto, esse pesadelo ainda ficará muito pior quando Donna e seu filho Tad ficam cara a cara com Cujo que depois de ser mordido por um morcego infectado com raiva, já não é mais tão dócil assim. 





Stephen King nem lembra direito de como escreveu Cujo, e se arrepende por não ter saboreado o momento dessa escrita. Ele estava no ápice do uso de drogas e alcoolismo. A trama escrita por King neste livro é Perfeita. Ele é realmente o mestre em tudo o que faz. 

Capa, Diagramação e Escrita: Essa edição da Suma está maravilhosa! O único defeito que tenho para citar é que infelizmente não são todos os livros do mestre que receberam o devido respeito.

Se você está procurando um livro de terror para mexer com o seu psicológico, "Cujo" do meu querido mestre Stephen King é a pedida mais do que certa!

No fim tem uma entrevista maravilhosa com o King, imperdível de ler!

.

Um comentário:

  1. Oii Day, eu já tinha visto esse livro, mas nunca li sinopse nem nada, não sabia que tinha cachorro no meio, fiquei interessada em ler, até pq quero ler mais livros do autor, menina que pena que o King não aproveitou tanto o momento em que escrevia esse livro.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Lendo1 bom livro | - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Layouts para blog. Tecnologia do Blogger. imagem-logo