06/04/2017

O Cemitério - Stephen King [Resenha]


...Oz, "Gande" e "Teível"...

Essa frase só vai fazer sentido após ler o livro 
(então, mais um incentivo para vocês lerem!)

O Cemitério
Stephen King 
Suma de Letras
Ano de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 424
Skoob: adicione à estante


Classificação: ★★



Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um 'simitério' no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação.
Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível.



  • "Hey! Ho! Let's Go"

Sthepen King



Nesse livro, Stephen King nos mostra como a morte é a coisa mais inevitável da vida, e é o jeito que cada um de nós lida com ela, que nos torna tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais por partilharmos desse mesmo destino.


  • "A fé é uma grande coisa, Ellie, e as pessoas realmente religiosas querem que acreditemos que não há diferença entre fé e conhecimento, mas não acho que seja assim. Porque há muitas ideias diferentes sobre o assunto. O que sabemos é o seguinte: quando se morre, uma das duas coisas acontece, ou nossas almas e nossos pensamentos sobrevivem de alguma forma à experiência da morte ou não sobrevivem. Se sobrevivem, podemos pensar muita coisa, há possibilidades infinitas. Se não sobrevivem, então não sobra nada. É o fim"


Tudo de ruim que possa acontecer no decorrer do livro, se dá no exato momento em que um estudante da faculdade onde Louis trabalha (inclusive era seu primeiro dia no novo serviço), morre em sua sala após um acidente. No mesmo dia Louis sonha com o mesmo rapaz guiando-o em plena madrugada até o "simitério" de bichos e depois, indo bem além, até um cemitério indígena além das trilhas, escondido atrás do matagal. Louis acorda assustado e bem aliviado por ter sido somente um sonho, até ele perceber que os seus pés estão sujos de terra.

Logo o médico esquece desse sonho,  até o momento em que o amado gato de sua filha, Church, é atropelado na estrada em frente a sua casa e morre. Bastante preocupado com a reação que a menina possa ter, Louis é ajudado pelo seu novo vizinho e agora amigo, Jude. Ele leva Louis até o cemitério indígena (o mesmo do sonho de alguns dias atrás) um antigo cemitério que foi usado pelos índios nativos americanos (os índios Micmac) onde ele enterra o gato e tudo fica bem, até o momento que o "chaninho" volta para casa.



  • "Por incrível que pareça, o moribundo estava se mexendo. Os olhos tremeram e se abriram. Olhos azuis, a íris cercada de um anel de sangue. Olhavam perdidamente ao redor, sem enxergar nada."


Só que Church agora, já não é o mesmo. Antes ele costumava ser vibrante e vivaz, mas agora, nas palavras de Louis: “um pouco assustador e cansado”. Mas também ficou diferente em outro sentido. Antes ele caçava ratos e aves, mas só por brincadeira, agora ele os trás para casa para comê-los. Outro detalhe importante é que o gato também está cheirando muito mal e Ellie (filha de Louis) não quer mais ficar perto dele. Jud confirma que essa condição é a regra, não a exceção, no caso de animais que foram ressuscitados desse modo. Louis ficou perturbado com a ressureição de Church e começa a desejar nunca ter feito isso.



Infelizmente não posso me aprofundar muito na história para que não acabe dando um spoiler, mas posso afirmar que assim como em todos os outros livros dele que li, King constrói a história de forma magistral, mesmo quando estamos em uma parte mais lenta da trama, permanecemos assustados por não saber o que vai acontecer em seguida. E sobre o final... Só te digo uma coisa: Nada é tão ruim que não possa piorar. Leitura obrigatória desse livro para os fans do gênero!

  • “ Provavelmente é um erro acreditar que existe limite para o horror que a mente humana pode suportar (...) Por menos que se goste de admitir, a experência humana tende, sob muitos aspectos, a corroborar a idéia de que quando o pesadelo se torna terrível o bastante, o horror produz mais horror (...) até que finalmente a desgraça parece tomar conta de tudo. "




22 comentários:

  1. Confesso que ainda não tive coragem de ler nenhuma obra do autor, mais confesso que morro de curiosidade! Rss adorei a resenha e as fotos, gostei muito da indicação é vou colocar na minha lista de suspenses
    Obrigada
    Bjoss

    ResponderExcluir
  2. Olá, Day
    Esse livro eu não conhecia e, com a sua resenha, já quero conhecer hahaha.
    Fico imaginando a tortura do Louis com esses pesadelos e um gato terrivelmente assutador e o pior, ressuscitado. Gente! Que livro! Já quero.
    Amei a resenha! Você arrasa.

    Beijos,
    Ler Antes De Dormir

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Olha só minha coragem de ler um livro do Stephen King, rsrs
    Por outro lado, as capas são tão bem elaboradas que dá vontade de ficar um tempão olhando.
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas vou procurar saber de mais obras do Stephen King, quem sabe um dia resolvo?
    Parabéns pela resenha e pelas fotos.
    Amei!
    Partes da Literatura

    ResponderExcluir
  4. Tô MORRENDO de curiosidade mas sou muito medrosa então as chances de eu ler esse livro é mínima 😂😂😂😂😂😂

    ResponderExcluir
  5. Oi Day, sua linda, tudo bem?
    Gostei muito da reflexã que você fez no incío da resenha. É extamente isso, a forma como iremos lidar com a morte é que faz toda a dirença. E nunca, mas nunca, se deve tentar ressucitar alguém que já foi. OMG!!! Porque tinham que trazer o gato de volta??? Lembrei um pouco daquele filme Da Magia e Sedução, acontece a mesma coisa, só que lá não foi um gato e sim um homem mal, que voltou pior ainda. Agora você tinha que me assustar??? O que é que o autor preparou para esse final??? O que pode ser pior do que já é??? Ótima dica de leitura. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Day!
    Mais um de King pra minha lista!!! O cara é um gênio, sempre!
    bjs

    Amor Por Livros
    http://amo-os-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Mano que livro doido (risos) Deu até um "medinho" aqui.
    Parece ser interessante e assustador, porém não teria coragem de ler.
    Stephen King sempre arrasando no terro não é mesmo?
    Amei a resenha.
    Beijos..

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Mano que livro doido, deu até um "medinho" aqui.
    Parece muito interessante e assustador, porém não teria coragem de ler.
    Stephen King sempre arrasando no terror não é mesmo?
    Amei a resenha.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  9. Primeiro... Meu Jesus. Só a parte que ele aparece com os pés sujos de terra me deu medo. Imagina o resto e Segundo.. Parece que alguem aqui é apaixonada pelos livros do King né? Eu adorei sua resenha, mas na disputa cu irosidade x medo o medo sempre vence então... Eu passo, mas muito boa.

    ResponderExcluir
  10. Esse homem é um gênio! Toda vez que leio alguma resenha sobre livros dele, só tem elogios! Nunca encontrei comentários negativos... fiquei impressionada com o assunto desse livro, ressureição, dá até um medinho :O mas deu vontade de ler, adorei a resenha day <3

    Beijoss!
    Yasmim

    blog: http://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, Day!
    Sério mesmo, suas resenhas são impecáveis e me dá vontade de ler esses livros mesmo não sendo meu gênero favorito kkkkk'
    Quero começar a ler algum livro do King, só para eu conhecer sua escrita e se eu leria de boa kkkk'
    As capas são maravilhosas, semprw fico olhando na Livraria kkk'
    Saiba que quando eu começar a ler King (ou qualquer do gênero) a culpa é sua, tá? Haha'

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu já conhecia esse livro, mas nunca tentei saber muito sobre ele, porque vai que eu resolvia o ler e depois tivesse que me esconder toda vez que o meu gato ou os meus cachorros aparecessem, rs. Seria estranho.
    Ainda não estou com coragem para ler algo do King, mas algum dia eu tento. Ele deve ser maravilhoso. Não seria mestre do terror por acaso, né? Acho que por isso que tenho tanto medo de começar, rs.

    Parabéns pela resenha! Quase senti medo do livro lendo ela.

    Bjo
    ~ Danii
    clubedofarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom?
    Mega curiosa pra saber o motivo do gato macabro voltar a vida kkkk. O único livro que eu li do sr King foi Carrie, mas tenho aqui pra ler Joyland. E li metade de 'o iluminado' porque era uma edição emprestada, e pretendo comprar, porque com este autor eu tenho que ler devagar, ele mexe muito com meu psicológico, mas esta é a sacada dele néh?
    Adorei a sua resenha, e quem sabe em um futuro próximo, eu crie coragem e o leia? kkkk

    Bjux ;)
    Entrelinhas

    ResponderExcluir
  14. Há muito tempo atrás assisti o filme que é tão aterrorizante quanto, mas amo terror! Se não assistiu ainda, dá uma procurada depois, mas é bem antigo ele. Pretendo ler o livro dia desses, pois sei que tem bem mais coisas e detalhes. Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  15. Oii,
    Confesso que eu ainda não tive coragem de pegar um livro do Stephen King pra ler.
    Confesso que não sou a maior fã de terror, mas acho que um dia eu tento ler algo dele - mesmo sem saber se leio até o final.

    Beijos
    www.geeklegend.com.br

    ResponderExcluir
  16. Morro de vontade de ler Stephen King! Obrigada pela indicação! Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Estou apaixonada tanto pela edição quanto pela diagramação, que pelas fotos parecem ser de ótima qualidade esteticamente falando. Já a sua resenha está maravilhosa, desde o começo já provocando a curiosidade e ao fim, deixando-me com aquela voz na cabeça me afirmando que eu devo ler esse livro! Espero em breve ler algo do autor ;D

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  18. Não sei se comentei.. mas definitivamente eu preciso ler esse livro, acho que assim vai parar de tocar Ramones na minha cabeça só de ler o título.. rs A resenha tá linda e deixa realmente a vontade de ler ainda maior! Outro ponto a favor de King é A Nora Diva Roberts ser fan dele, então será minha compra na próxima promo! Hey, ho, let's go!!

    ResponderExcluir
  19. Nunca li King, e confesso que não sou muito corajosa pra ler também, mas a cada dia que passa fico mais curiosa pra ler algo dele, essas resenhas de vocês estão me dando coragem... haha

    ResponderExcluir
  20. Junto com "Carrie" e "A hora do vampiro", foi um dos livros mais assustadores que já li dele!

    ResponderExcluir
  21. Nunca li nada do King, mas todos me indicam a leitura. Tenho muita curiosidade em "It - a coisa" e "Sob a redoma", perceba que os dois livros são imensos!!!

    ResponderExcluir

© Lendo1 bom livro | - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Layouts para blog. Tecnologia do Blogger. imagem-logo